5 de dezembro de 2011

Kirby - Nightmare In Dream Land


Kirby, nossa adorável bolinha rosa.

Hoshi no Kirby: Yume no Izumi Deluxe (traduzindo significa A História da Fonte dos Sonhos) e  no ocidente batizado como Kirby: Nightmare In Dream Land. Lançado exclusivamente pra GameBoy Advance.

Agora sejamos francos, só olhando pra ele jamais se imagina que se trata de um excelente jogo. Sempre é assim que pensamos.

Afinal ele é muito além do simples, visualmente falando, ele é uma bola rosa com braços e pernas. Qualquer um com pequena noção de desenho poderia fazer um personagem principal melhor.

Maaaas, a simplicidade dele no entanto tem carisma e chama atenção de todos no mundo inteiro. Afinal não me lembro de um jogo do Kirby, com excessão do Dream's Curse do Super Nintendo que é um lixo total, mas ele nem sequer é um jogo de aventura como de costume.


Enfim, a história do jogo é absolutamente simples, Kirby acorda e não sonhou naquela noite, e vai em busca da Fonte dos Sonhos investigar pra saber o que ta rolando e tals, e descobre que o seu arquinimigo King Dedede tirou a Star Rod de lá, que por sinal é a fonte de poder da fonte...

Fonte de uma fonte... que merda.

Mas enfim, nisso, King Dedede simplesmente a quebrou em 7 pedaços e deu um pra cara capanga e se manteve com um. E Kirby vai atrás dele feito louco pegando pedaço por pedaço e juntando tudo pra colocar de volta em seu lugar e quando você pensa "por que diabos tem um Nightmare" no nome ?

Eis que a história te diz, que havia um ser maligno que corrompeu a fonte uma vez, mas estava preso na mesma e quando Kirby foi devolver a Star Rod completa, aparece ele, Nightmare como seu vilão final.


Bom, eu sinceramente não sei por que perdi meu tempo escrevendo essa "história", afinal as histórias do Kirby são sempre simples. Muito simples mesmo. Quase não deu pra notar o gigantesco espaço que gaster pra escrever ela inteira.

É... inteira!

Mas agora falando de gameplay, afinal de contas assim como Megaman e outros jogos de aventura, história não é o grande marco dessa franquia e sim pegar e sair jogando horas feito doido.

Esse jogo primeiramente falando é remake do Kirby's Adventure do Nintendinho. Porém com gráfico, músicas, ambiente e inimigos muito mais bem trabalhados, afinal esse remake faz jus ao nome, afinal hoje em dia vemos remakes com "versão HD" ou simplesmente com gráficos polidos, mas esse sim é do zero mesmo.

E muito bom por sinal. Jogabilidade excepcional.


A física do jogo é basicamente a mesma do Kirby's Super Star do Super Nintendo, porém os criadores manteram a fidelidade ao do NES em alguns aspectos, como o fato da bolinha rosa não poder fazer combos com poderes mais ofensivos ou mesmo fazer um ataque mais poderoso carregado, coisa que no Super Star era possível.

Porém, tem alguns poderes super legais como o que permite voar com capa e tudo no melhor estilo herói, e agora dois de gelo, pouco diferentes, e por ae vai, numa infinidade de poderes, que não chega perto da variedade do Super Star, mas acredite bem grande pra um jogo relativamente pequeno. Diga-se de passagem que alguns poderes desse jogo são mais legais mas não vou tirar o fator surpresa.

Como se não fosse bom o bastante, esse jogo tem extras, algumas fases bonus que você deverá explorar o jogo pra achar, e os bonus são nada menos que alguns jogos novos e outros são meros aproveitamentos do Super Nintendo como aquele do Samurai Kirby, lembra ?



Finalizando agora, segue uma tremenda indicação de um excelente jogo de aventura pro GameBoy Advance.

E sem contar que temos a oportunidade de jogar com Meta Knight.

Preciso falar mais ?

E não jogar GBA hoje não é desculpa pra ninguem, afinal de contas além de ter um dos melhores emuladores já feitos pra PC, os jogos são pequenos.

Ou seja, vá jogar esse puta jogão da Nintendo e seja feliz.

Enjoy!

Um comentário:

Flip Oil Fuckin' Now disse...

Bah, deu até saudade do meu GBA agora, apesar de que eu tinha poucos jogos, mas que divertiam muito =)